9 de out de 2011

Estamos numa nova era na decoração.

Pegadinha pra iniciar o post:

O que Leonardo Boff, a geologia e mostras de decoração tem em comum?

Errou quem disse nada e acertou quem disse: Morar Mais por Menos.

Lógico, que vou explicar minha lógica. Agora se acomoda na cadeira que o post está grande, mas delicioso de ler e ver.

Dia desses, estava lendo esse texto aqui do Leonardo Boff, onde ele se vale, de um neologismo com a palavra "ecozóica", que quer dizer na realidade, o surgimento de uma nova era pra Terra, baseada na sustentabilidade e no respeito aos limites do planeta redondinho, como dizem os Tribalhistas, mas nada melhor do que citar o próprio Boff, pra entender direitinho esse tal de "ecozóico":

"Que significa a Era do Ecozóico? Significa colocar o ecológico como a realidade central a partir da qual se organizam as demais atividades humanas, principalmente a econômica, de sorte que se preserve o capital natural e se atenda as necessidades de toda a comunidade vida presente e futura. Disso resulta um equilíbrio em nossas relações para com a natureza e a sociedade no sentido da sinergia e da mútua pertença deixando aberto o caminho para frente".

Oohh!!!! Bonito de ler, mas difícil de por em prática. Teria o Boff, ou o Swimme (astrofísico que criou o neologismo) inventado a pólvora? Nada disso, mas eles mexeram num assunto que já ouso dizer que é a bola da vez, desde a Eco 92 (sim aquilo, não era Rock in Rio, não, mas tenho orgulho de dizer até hoje que - Eu fui!). Essas ideias teóricas a respeito da conservação da  natureza, datam de 1972 em Estocolmo, com o surgimento da ecodiplomacia, mas entre Estocolmo e os dias de hoje, se abriu um hiato entre a teoria e a prática, que vejo, em doses homeopáticas, ser quebrado por intervenções pontuais, que extrapolam o simples falar para o agir e o Morar Mais por Menos, já provou que é uma delas. Só que com um diferencial, lá o ecozóico tem estilo. Espia só:

Banco de lata, mesa de madeira de demolição, paneleiro luminária com roda de bicicleta e cestaria com palha de bananeira. Um charme!!!!!

O diferencial desse espaço, sem dúvida, é a o jornal trançado que está na cabeceira da cama e na poltrona.
 O efeito é incrível.

Uma cozinha com uma levada ecozóica, mas perfeitamente usável. A geladeira pintada com tinta de lousa, foi o que mais chamou minha atenção. Teria uma numa boa.

Ponto pro barril que virou um armário, muito bem resolvido, por sinal.

Imagine um quarto do sonho, de toda mulher grávida? É esse. Os pontos altos pra mim, foram: os tecidos (PERFEITOS), os  pássaros da árvore e o chão feito de bambu ( que é igualzinho o do meu quarto).

A composição das cores aqui, me trouxe a sensação de que estava entrando num arco-íris. O espaço tem uma levada
hand made que me deixou borbulhando de ideias.

A possibilidade de trabalhar com o material bruto sem perder a leveza, acredito tenha sido a proposta desse espaço.
O charme do MDF bruto cortado a laser do teto surpreende, tanto quanto, as prateleiras feitas com tábuas de obra.

Pena que a mostra termina hoje, mas a vantagem de visitá-la no último dia é que se você gostar de algo, pode levar na hora, por um preço super em conta.

Aproveite!!!


SERVIÇO DA MOSTRA MORAR MAIS POR MENOS:

Funcionamento: até 9 de outubro
Horário: das 12h às 21h
Ingressos: R$ 25,00
Local: Av. Epitácio Pessoa, 4.866 – Lagoa
Telefone para informações: 21-2512-2412

8 comentários:

http://reciclaretudodebom.blogspot.com/ Deya disse...

Oi Fe que postagem hein, lindo tudo junto e misturado adoro, beijão

Ly Mello disse...

Os ambientes estão lindos mesmo! Fui lá ontem, e fiquei babando, pena que a recepção que tive lá foi péssima.

BJs.

Carol disse...

Visitar uma mostra dessas era tudo que eu precisava para espairecer.
Beijos

Veronica Kraemer disse...

Fe querida, que saudades de tu!!!
Eu amei os ambientes!!!
Achei DEMAIS os banquinhos feitos de lata da primeira foto, e tudo da última foto, eu querooooooooo!!!rs
Te desejo uma linda semana, minha amiga do cuore
Beijosssssssssssss
Vero

Karina disse...

Oi Fê...
Amei o post me deu várias ideias para colocar em prática aqui em casa.
Principalmente a ideia dos caixotes no quarto do bebê.
bjos

Bibia Bueno disse...

Garanto que estou curtindo muito essa "fase" da decoração!!! :)))

Regina disse...

Vim checar onde foi q você aprendeu essa palavra difícil "ecozóico". Só podia ser o nosso bom amigo Leonardo Boff, que sempre gostou de palavras "diferentes". Mas se foi ele, eu aceito. Tô com LB, e não abro. :)

Uma ótima semana pra você querida Fê.

márcia disse...

Olá ,
primeira vx por aqui .. parabéns pelo BLOG , vou te seguir !! Rs
Vc acredita que moro em frente , de onde foi a Morar mais por Menos , e este ano não pude ír !!!
Amei o piso de bambu , como vc disse que teu quarto é o mesmo , poderia me passar o fornecedor ???
Abs,
Márcia
marcialcintra@globo.com

Pin It button on image hover