22 de mar de 2013

Reflexões em torno da mesa

Os dias por aqui andam agitados. Passamos incólumes a mais uma enchente de Petrópolis (nunca contei pra vocês, mas desde a morte do meu sogro, assumimos a casa dele da Serra). A enchente dessa vez deixou, além do dano emocional,  uma perda material que irá pesar: o nosso carro, que por estar sem seguro há somente 18 dias, foi parar em Petrópolis. Mas, enfim, vida que segue...

Entre os momentos de reflexão sobre perdas e danos, me deparei com essas imagens:







Vim partilhar com vocês, junto com minha certeza de que, dias melhores virão.

Um beijo.

Pós post: Amigos, meu sogro não faleceu em decorrência da enchente, não. Ele se foi há quase 1 ano de leucemia. Estamos todos bem, mas abalados pelas perdas, não só materiais, pois isso a gente corre atrás e consegue tudo de novo, mas também, pelas vidas que se foram por incompetência pública. Isso, sim, me tira do sério e me faz ficar com um nó na garganta.


12 comentários:

Eli Martins disse...

Fê,
Esta tudo desolador, vejo os noticiários e nem consigo imaginar isso de perto.
Espero que dias melhores venham sim, para você e para todos que estão em momentos difíceis.
Bj

Decor'ação disse...

Fê querida, sei que esta perda é grande, mas nem se compara à perda emocional. Então rezemos que logo vocês consigam comprar um carro novo.
Bjão e ótimo fim de semana
Lú Melo

Carol disse...

Sinto muito pela perda, bem chato isso.

E de onde são essas imagens que inspiram?
Beijos


Jack Lins disse...

Fê, sinto muito pela sua perda.
Mas, Deus não irá te desamparar, logo logo você conseguirá outro.
É muito triste vê que entra ano sai ano e sempre essas coisas acontecem em algum lugar.
Beijos
Jack
www.meucantinhos.blogspot.com.br

Taia Assunção disse...

Nossa, sinto muito...é dureza ver aquilo que foi conquistado com trabalho, ir embora. Dias melhores virão, força e fé. Passei esses dias super preocupada, Vila Velha alaga, Graças a Deus, o apartamento fica numa rua mais alta, praticamente impossível entrar água na garagem. As meninas ficaram quietinhas em casa, as cadelas não conseguiam comer, com medo da chuva. Beijos, cuide-se!

Ilaine disse...

Fê, querida!

Sinto muito! Sei o que significa perder uma pessoa que amamos.Com o passar dos dias, porém, a dor vai amenizar.

Penso em você!
Beijo no coração

Elizabeth disse...

Quanta tristeza! É tão desolador ver as cenas da tv... Meus mais sinceros sentimentos.

Rosangela Oliva disse...

Ohhhh, amiguinha, que tristinho esse seu post. Nem as imagens lindas, que tanto se parecem comigo, conseguiram me consolar. Que pena, Fê!
Mas...dias melhores virão com certeza!
Beijos no coração, querida!

Rosana Remor disse...

FÊ, SINTO MUITO.IMAGINO SEU SOFRIMENTO. DESEJO QUE O TEMPO PASSE RÁPIDO E TUDO SE RESOLVA.FIQUEM COM DEUS.BJS.

Decora Adora disse...

Fe siento mucho su perdida , usted debe estar sufriendo mucho, es muy triste su post
de todas maneras vendrán tiempos mejores
cariños

Rosaria Amorim disse...

Oi Fê querida, sinto muito, o carro foi perda total? Menina eu amo tanto a cidade de Petrópolis, Friburgo, Lumiar, Penedo, e agora eu tenho medo de ir para lá sabia? Eu ia sempre ficava em Pousada, Hotel, mas agora ñ sei cada vez fica pior, não sei mais para onde eu vou agora quando eu estiver precisando de uma fuga, o seu sogro faleceu por lá? Eu lamento tudo isso. Um BJ amiga

Regina Saraiva disse...

Olá Fê,

Uma perda sim, mas adoro sua natureza de olhar em frente, o material a gente recupera.
O duro é vê as tragédias das famílias vizinhas. Meu cérebro não consegue processar o modo de agir dos políticos/governo envolvidos no tema. Compartilho sua indignação!

Pin It button on image hover